Guerra e paixão

anitaAnita, do jornalista Thales Guaracy, reconstitui a trajetória de guerra e paixão de Anita e Giuseppe Garibaldi, que já foi convertida em biografia, romance, minissérie e filme.

A boa sacada aqui é revisitar a história através dos olhos de Giuseppe, posicionando o personagem como testemunha e agente de seu tempo.

No fim da vida, exilado na Sardenha, o eterno guerrilheiro remonta toda uma década ao lado de Anita, revestindo com romantismo o desenrolar dos fatos, de modo a exaltar a coragem e o heroísmo da mulher que esteve em sangrentas batalhas e morreu, grávida, lutando ao seu lado.

O livro, assim, ocupa-se de momentos-chave. Dos primeiros anos de Aninha do Bentão (como era conhecida) ao casamento arranjado pela mãe. Do encontro com Giuseppe, em Laguna, pouco depois de ter sido abandonada pelo marido, à participação na Batalha dos Curitibanos e o nascimento do primeiro filho.

O refúgio no Uruguai aumentou a família e foi sucedido pela viagem à Itália, onde lutaram contra a invasão austríaca, quando Anita sucumbiu.

Guaracy se utiliza de uma linguagem suntuosa para dar gravidade aos feitos e, a partir do pacto de amor e resistência, criar uma espécie de mitologia trinacional.

***

Livro: Anita

Editora: Record

Avaliação: Bom

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s