Embaraçado

normaA finlandesa Sofi Oksanen ganhou destaque internacional por conta dos prêmios que receberam seus dois primeiros livros.

Expurgo e As vacas de Stalin têm, em suas motivações narrativas, a cumplicidade entre mulheres em meio a um universo de opressão, traçando um paralelo entre as relações familiares e o modo em que essas vidas se transformam num espaço marcado por guerras e/ou tensões sociopolíticas.

Norma também se encaixa nesse contexto. A diferença é a adição do elemento fantástico.

A personagem-título vive com a mãe Anita, com quem protege um segredo: o fato de seus cabelos crescerem de forma sobrenatural, reagindo às variações de humor.

Anita trabalha num salão de beleza, cujo atrativo são os apliques de cabelo vindos da Ucrânia.

Então, inesperadamente a cabeleireira aparece morta nos trilhos do metrô, e Norma tem de lidar com que aparenta ser um suicídio.

No entanto, ao mexer nas coisas da mãe, ela descobre vídeos e fotos que trazem revelações desconcertantes, inclusive em relação à condição insólita de seus cabelos.

A partir daí, Oksanen intercala a busca da protagonista por respostas e as descrições do ocorrido nos vídeos, pela voz de Anita.

Norma vai trabalhar no mesmo salão de beleza e se depara com uma organização clandestina que atua em redes de barrigas de aluguel, tráfico de mulheres e sequestros de crianças em países do terceiro mundo.

A morte de sua mãe tem um ligação direta com tudo isso.

O romance funciona na construção dos personagens e em seu aspecto metafórico, ao estabelecer uma analogia entre a natureza mágica que acomete a protagonista e um negócio criminoso que se alimenta desse produto vivo, de uma fonte humana saqueada em razão de sua fertilidade.

Por outro lado, os temas sociais colocados são mal desenvolvidos, muitas vezes apresentados através de breves relatos avulsos à história principal.

A jornada de Norma, neste caso, seria melhor executada se se concentrasse em sua dinâmica doméstica.

***

Livro: Norma

Editora: Record

Avaliação: Regular

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s